quinta-feira, 2 de outubro de 2008

Resumão de Plugins do Eclipse: Java, C, PHP, Python, Rails, etc!!

Uma IDE para a todas governar...

Não, não estou falando do Um-Anel nem de nenhum romance do J. R. R. Tolkien. Estou falando de uma IDE de desenvolvimento open-source chamada Eclipse.

  • O que é o Eclipse??
Criado nos laboratórios da IBM, o Eclipse - escrito integralmente em Java - foi planejado (naturalmente!) para desenvolvimento em Java. Todavia, impulsionado pelo fato de o Java ter muita aplicação para Web e pela sua própria popularização como ferramenta, além da facilidade de sua arquitetura extremamente plugável, começaram a surgir inúmeros plugins e modificações do eclipse, habilitando-o a suportar muitas outras linguagens.
O primeiro grande passo foi com os plugins do projeto WTP (Web Tools Platform - hoje integrado diretamente às versões mais recentes do Eclipse), onde o Eclipse veio a reconhecer fontes em HTML, CSS, XML, Javascript, XSD, etc. Muitos outros projetos (vários de código aberto) modificaram e adaptaram o Eclipse para os mesmos ou semelhantes fins, como o Lomboz, o (antigo) JBoss IDE ou o Aptana.

  • Uma IDE Baseada em Plugins
O Eclipse é, na verdade, uma pequena IDE enxuta com arquitetura voltada para plugins. Isto permite que se criem facilmente novos plugins para fazer virtualmente qualquer coisa no Eclipse. Na verdade, ao baixar o Eclipse, você já traz uma infinidade de plugins, responsáveis pela maior parte das suas funcionalidades originais!!
Devido a esta flexibilidade, o Eclipse tem se tornado uma ferramenta poderosa para qualquer desenvolvedor, seja ele programador de Javascritp/AJAX, web designer, desenvolvedor Java, PHP, C ou Python, por exemplo.


Alguns dos Principais Plugins para o Eclipse

  • Aptana: Este é sem dúvida o melhor plugin para quem desenvolve ricamente para Web. Suporta maravilhosamente Javascript e AJAX, com direito a reconhecimento de variáveis, auto-completar objetos e funções, breakpoints em Javascript, além de CSS, DOM, PHP, Ruby on Rails, Adobe Air, Apple iPhone, Python, e conta com inúmeras outras funcionalidades. Trata-se na verdade um conjunto de pequenos plugins e (prepare-se!!), ao todo, são dezenas de megas de download. É tanto que tem uma modificação do Eclipse só para o Aptana (o Aptana Studio), que permite ao usuário rodar o plugin de forma standalone, ou seja, sem o resto do Eclipse, deixando o ambiente mais leve. É ideal para web designers e desenvolvedores web. Com o Aptana, seu Eclipse estará simplesmente turbinado com tudo para Web que você precisa e mais um pouco!!
  • PHP: Se você desenvolve para Web em PHP mas prefere manter o Eclipse original, então é recomendável ter algo como o PHPEclipse. Com este plugin, você terá tudo que uma boa IDE pode oferecer. Outra opção é um projeto do próprio Eclipse denominado PDT.
  • JBoss Tools: Assim como o Aptana é muito mais do que um plugin, o JBoss Tools também o é. Trata-se de uma grande suíte de aplicativos para desenvolvimento corporativo da JBoss. É tão grande que há uma modificação do Eclipse feita pela própria JBoss, contendo todas as suas ferramentas. Se você trabalha com J2EE e usa o JBoss, então esta ferramenta é essencial! Ela lhe ajudará não só a manipular o servidor, como também oferecerá suporte ao Hibernate, Struts, JBPM, JSF, etc.
  • Sysdeo Tomcat Plugin: para quem faz sistemas menores e utiliza o formidável Jakarta TomCat, da Apache, como servidor, um plugin indispensável é este. Ele permite, de dentro do Eclipse, parar e reiniciar o servidor, além de fazer o autodeploy. Agora você pode mudar qualquer JSP e ver a modificação na mesma hora!! Agiliza em muito o trabalho!!
  • Any Edit Plugin: excelente plugin para tratar textos. Converte todos os símbolos do Unicode em notação HTML, inclusive os acentos, além de pequenas coisinhas, como converter um trecho entre maiúsculo ou minúsculo, sublinhados e CamelCase, etc. É simples, mas muito útil!!
  • Subclipse Plugin: o Eclipse já vem com um ótimo plugin para CVS, mas (ainda não sei por que!!) não traz nenhuma ferramenta para SVN. Com este plugin, seus problemas se acabaram!! Ele é muito parecido com o tradicional plugin de CVS, inclusive usando algumas imagens idênticas, e fornece todas as funcionalidades que você precisa para controlar seus projetos no repositório do Subversion.
  • Maven Eclipse Plugin: Então imagina que seu super projeto necessite de mais do que simples controladores de versão; necessita de um controlador eficiente de dependências. Ótimo, temos o Maven, da Apache, que permite inclusive a criação de seu repositório particular de dependências!! A partir do Maven Eclipse Plugin, é possível usar o Maven para compilar seu projeto, resolver as dependências e inclusive achar erros no seu pom.xml!!
  • PyDev: Você desenvolve em Python?? Ainda não tem uma IDE de primeira linha?? Então conheça o PyDev, o plugin que transforma o Eclipse num primoroso ambiente de desenvolvimento para Python. Extremamente poderoso, faz Debugger e Breakpoints no código Python, inspeção de variáveis e objetos no modo Debug, auto-complementação de código, verifica a sintaxe, marca erros e TODOs, suporta refatoração completa de código, enfim, todas as maravilhas que o Eclipse faz para Java, ele o faz para o Python!!
  • C/C++ Development Toolkit (CDT): Mas você gosta mesmo é de C, né?? Então fica frio e ouça O Pajezinho aqui - prepare-se para usar o Eclipse!! O CDT é um excelente plugin, que não só identa e marca o código, como também tem ferramentas para automatizar seu desenvolvimento. Ele gera diretivas de Header, cria automaticamente o Header (*.h) e a Classe C++ (*.cpp) a partir de janelas de diálogos, controla Breakpoints, faz Debug, mostra as Threads... em suma: eleva a IDE, consoante ao desenvolvimento em C, ao mesmo patamar em que ela está para o Java.
  • Ruby Development Tools (RDT): Se você trabalha com Ruby ou Ruby on Rails, aqui está um ambiente de desenvolvimento de primeira: marcação (highlight) e verificação de sintaxe, ferramentas gráficas e controle de testes, assistentes de contexto, formatador de código, ferramentas para rodar e debugar, visão hierárquica, refatoramento, etc...
  • Cypal Studio For GWT: Mas você desenvolve em Java e é fã do GWT?? Não se preocupe!! Existe um plugin bem interessante que vai agilizar as tarefas chatinhas de criação/edição de serviços e módulos, criação de projetos e ainda lhe ajudará a rodar o seu módulo com o Hosted Mode. Vale a pena conferir!!
  • JSEclipse - Plugin para Javascript: OK, você não precisa de tanto para ter que instalar o Aptana, mas você precisa lidar com Javascript de uma forma um pouco melhor que o plugin original do Eclipse... então, a sua melhor escolha vai ser usar o JSEclipse. Ele auto-completa e faz marcação (highlight) de seu código, suporta bibliotecas de javascript, identifica objetos e classes criados e modificados, faz sugestão de funções e propriedades, marca erros de sintaxe, e você pode até criar um XML próprio com suas definições de classes!! Muito ágil para quem desenvolve para Web e precisa de uma ferramenta sólida para Javascript...
  • COBOL IDE: Este aqui eu coloquei para mostrar o poder do Eclipse!! Imagine que existe uma pequena suíte de plugins para o Eclipse, criando uma formosa IDE de desenvolvimento para COBOL!! Se você de repente se deparou com um código legado monstruoso em COBOL, feito pelo Tutankamon em pessoa, e está com medo dele, agora seus problemas podem não ter se acabado, mas apareceu uma boa luz no fim do túnel!!
  • SQL Plugin - QuantumDB: Não poderíamos nos esquecer de nossos grandes amigos DBAs ou ADs (ou os bons programadores WEB que precisam freqüentemente colocar a mão na massa e fazer milhares de queries em banco de dados). Com o QuantumDB, você tem uma interface fantástica para não só fazer queries simples, como também fazer muitas outras coisas: controlar schemas, tabelas, views e sequences, constraints, colunas, índices e chaves estrangeiras, salvar e editar arquivos *.SQL, tem wizards para facilitar DELETEs, UPDATEs e INSERTs, reconhece a linguagem SQL, exibe a estrutura do banco em árvore, suporta os mais diversos bancos (acessando via JDBC) e muito mais!!

Bom, pessoal... esta é apenas uma pequena mostra do que os plugins para o Eclipse podem fazer por você!! Muito mais pode ser pesquisado e baixado no portal oficial: Eclipse Plugin Central.
Espero ter ajudado com este resumão e que, agora, você se sinta encorajado e orientado para munir-se de melhores e mais propícas ferramentas, aprimorando seu trabalho e tornando sua vida mais confortável!!
Gostou do artigo?? Deixe sua opinião aí embaixo!! O Pajé também é open source e free!!

7 comentários:

Paulo Motta disse...

Eu gosto do Eclipse, usei durante muito tempo, o único problema foi quando resolvi usar o JSF num curso e fiquei 2 semanas tentando fazer o plug-in funcionar, mas não foi possível. Com o Netbeans, em 15 minutos o projeto funcionou.

athanazio disse...

jsf eh primo do bluetooth no opensuse 11 ...

http://www.athanazio.com/2008/10/03/homenagem-ao-opensuse-11/

O Pajé disse...

Bom, vejamos: de quem é o JSF?? Da Sun?? E o Netbeans?? ;-)) Da Sun tb... então, se o Netbeans não pudesse fazer algo em JSF em 15 minutos, eu ficaria sinceramente preocupado com todos os anos de dedicação ao Java que tive...
Por outro lado, o Eclipse tem tantos plugins que tem até os que funcionam mal, como o bluetooth no OpenSuSE 11... daí a importância dos blogueiros que ensinam o caminho das pedras!!

Reinaldo disse...

Existe inclusive um plugin interessante para C# (Em Mono ou Framework.net mesmo) que se encontra em: http://emonic.sourceforge.net/html/changelog.html

O Pajé disse...

Excelente observação, Reinaldo!! O Eclipse é tão flexível que compreende inclusive isto: C#!! Muito boa dica!!

Jackson disse...

Olá Pajé..
sabe de algum plugin para o Power Designer?
A propósito.. ótimo Blog!

O Pajé disse...

Olá Jackson,

Acho que este link vai ser interessante para você:

http://manuals.sybase.com/onlinebooks/group-pd/pdd1100e/epug

Obrigado e volte sempre ao Pajé!!